BLOG

Contrato de Gestão de Tráfego Pago em Lançamento: Riscos e Cuidados Necessários

Contrato de Gestão de Tráfego Pago em Lançamento: Riscos e Cuidados Necessários - Laura Albertacci

No lançamento do produto, o gestor de tráfego foi viajar

e sumiu.E agora?

Infelizmente, não é incomum nos depararmos com relatos de prejuízos ocasionados por parceiros que não honraram um compromisso assumido.

Mediante essas situações, é importante nos atentarmos aos pontos que podem ter levado a essa situação e que devem ser corrigidos, até mesmo para uma gestão eficiente, melhoria dos processos internos e até mesmo buscar eventuais reparações.

A primeira pergunta nessas situações é clara: havia um contrato?

Muitos profissionais erram em firmar uma parceria de negócios e não adotar o contrato, ele é a sua única proteção para justamente minimizar um risco.

Talvez você pense que realmente para o lançamento é algo crucial, afinal é uma etapa extremamente importante e não considere essencial para o dia a dia, é aí que mora o problema.

Ele se faz necessário em ambos os cenários, o que significa que existe maior necessidade de cuidar do negócio que vem construindo de um modo assertivo, ou seja, prevendo os potenciais problemas que podem ocorrer e os evitar, é adotar estratégias que ajudam não apenas na economia, mas na performance do seu negócio.

Imagine a seguinte circunstância:

Ana possui um negócio e está para lançar um produto digital, toda a estrutura foi criada, audiência sendo informada de que haverá o novo produto, conteúdos estratégicos são montados, gastos e estrutura construída. Quando chega a data de iniciarem os anúncios nas plataformas online, o responsável desaparece, inviabilizando todo o projeto e causando enorme prejuízo para Ana.

Segundo cenário:

Joaquim investe todo o seu FGTS ao construir um negócio, sua pizzaria, prepara o local, investimento, contrata uma banda para a semana de inauguração e conta com o valor das vendas para entrada de caixa. Ocorre que, contratou uma pessoa para ser responsável por todo o anúncio no online, a pessoa some, a inauguração não ocorre como planejado, gerando prejuízos.

Tais situações ocorreram mediante a ausência de compromisso de um profissional, o que ocasiona no desgaste na relação profissional.

É importante lembrarmos que para o bom funcionamento de uma parceria deve existir clareza quanto às obrigações e nesse aspecto o contrato é um facilitador:

  • Ele demonstra a clareza da sua forma de trabalhar;
  • Responsabilidade;
  • Minimiza os riscos de eventuais desencontros de informações nos valores, metas, responsabilidades e obrigações;
  • Responsabilizações em caso de descumprimento.

Esses são alguns dos benefícios do contrato de lançamento, ele visa justamente que relações possam ser firmadas com base na necessidade das partes envolvidas e trazendo forma e seriedade.

Em outras palavras, o contrato permite que seja delimitado o que cada parte possui como obrigação e que deverá cumprir, o descumprimento acarreta em possibilidade de penalidades, multa e busca de reparação em via judicial.

O que deve constar no contrato?

O contrato é a formalização do que foi negociado, ele não é sinônimo de desconfiança, mas de profissionalismo e responsabilidade, o contrato possui características que são previstas em leis, tratamos direitos e obrigações, até mesmo situações em que o mesmo poderá ser rescindido.

Dessa forma, o contrato deve se atentar em alguns requisitos básicos, lembrando que cada relação poderá demandar cláusulas especificas, vamos aos pontos:

Identificação das partes

Obrigações

Formas de pagamento

Forma de renovação do contrato e prazo

Gestão de tráfego:

Como será realizada a gestão? Deve ser previsto em contrato os valores dos anúncios, público pretendido, horários dos anúncios, quem irá financiar o anúncio?

As métricas e relatórios da prestação do serviço serão disponibilizadas de que forma?

É necessário abordar o tempo de duração da campanha, plataformas a serem veiculadas e até mesmo o fornecimento de material publicitário, conforme for cada negociação.

Confidencialidade

O gestor terá acesso aos dados da conta de seu cliente, estratégias e até mesmo a senhas, sendo importante previsão desta cláusula, a qual deve ser específica.

Esses são alguns dos pontos a serem tratados em um contrato, mas é importante que ocorra a previsão de ações até mesmo para as situações imprevisíveis ou de ausência de postura profissional, como nos exemplos que foram tratados ao longo desse artigo.

Conclusão:

Vista a camisa do seu negócio, confie no seu próprio trabalho e valorize o seu esforço, não negligencie em cuidados básicos, pois se você não acreditar no que faz, quem vai? O contrato é uma ferramenta que precisa ser sob medida, pois ele é a ferramenta que irá proporcionar que o seu negócio esteja em segurança.

Caso tenha alguma dúvida ou deseje se consultar sobre esse e outros temas jurídicos o seu negócio, mande uma mensagem!

Artigos relacionados