normalmente se iniciam as vendas de um produto digital, os chamados infoprodutos que podem ser cursos, mentorias, workshops, comunidades, e-books, entre outros produtos e ao entender que realmente existe ali  uma possibilidade de construir um negócio robusto a dúvida, qual o próximo passo?

 

Em um segmento que se fala muito nos famosos lançamentos com marcas de faturamento medidas em dias 6x7, 6x5 e por aí vai, é necessário entender que existe uma empresa informal e seguir nesse caminho acarreta prejuízos.

 

Por isso, no artigo de hoje iremos analisar um dos vários modelos de negócios que podem ser utilizados na comercialização de infoprodutos.

 

Qual o melhor modelo de negócios para vender o infoproduto?

 

Existem diferentes modelos e essa análise precisa levar em consideração os objetivos de cada envolvido, podemos falar de:

 

  • Sociedade;
  • Parceria comercial, cada qual com sua empresa;
  • Prestação de serviços.

Essas são as mais comuns no mercado, cada uma delas vai possuir suas particularidades e riscos. Porém, existe um momento que é comum entre especialista e coprodutor que é de enxergar a possibilidade de serem sócios.

 

Afinal, podem entender que esse é o melhor caminho para sua dinâmica de trabalho, em que ambos empenham seus esforços para o crescimento do empreendimento.

 

Contudo, ter uma sociedade é igual a um casamento e fazer boas escolhas é importante.

 

Um dos modelos de sociedade adotados, é a chamada Sociedade de Propósito Específico - SPE, que pode ser interessante para tal segmento e cada vez mais comum.

 

Afinal, o que é uma Sociedade de Propósito Específico - SPE?

 

Uma SPE, é uma empresa que nasce a partir de uma necessidade, de intenções para que ela cumpra com um prazo de duração já previsto, de forma diferente da maioria dos negócios, vamos de exemplo:

Pedro é coprodutor, possui clientes que atende com sua equipe e Clara é a sua maior cliente.

 

Clara é produtora de conteúdo digital e nutricionista, ela possui seu consultório em que atende pacientes e no online comercializa infoprodutos em que ensina sobre alimentação, desinflamar e nutrição.

 

Clara iniciou uma parceria bem sucedida com Pedro, possuem uma visão bem alinhada de como querem a venda desses infoprodutos e entenderam que ter uma empresa que ambos vão se dedicar é o melhor para profissionalizar.

 

A SPE, é o modelo escolhido, para a empresa operar e todo custo e distribuição do lucro da participação dos sócios irá sair dela. Sua finalidade é o lançamento e comercialização dos infoprodutos.

Por meio da SPE, possuem a relação de sócios, com empresa constituída, equipe, diretrizes claras, transparência na operação e se abandona a ideia de divisão de custos como comumente é realizado no formato de parceria, aqui  o empenho é na empresa.

 

Dessa forma, não se compromete os negócios já existentes e permite a proteção necessária à empresa que irá atuar exclusivamente no lançamento de infoprodutos.

 

 

SPE para lançamento de infoproduto

 

 

Adoção de SPE, pode trazer benefícios aos seus criadores, pois trata-se da abertura de uma nova empresa.

 

sociedade_infoprodutores_agencia_spe.jpg

 

 

Nos lançamentos de infoprodutos, a empresa possui essa finalidade como um negócio, permitindo aos seus sócios proteção aos demais negócios que possuírem, organização e profissionalismo.

 

Através da SPE, poderá ocorrer também melhor administração financeira e possibilidade de investimento no negócio, o que antes era expert investindo em seu negócio e coprodutor no próprio empreendimento, muda de realidade e permite um melhor direcionamento dos recursos, redução de impostos, transparência e principalmente uma segurança.

 

Por meio da SPE, também se pode regular os ativos de propriedade intelectual, a marca dos infoprodutos, pode-se investir na estrutura para melhor experiência dos clientes.

 

Benefícios da SPE para lançamento de infoprodutos

 

A SPE é um formato de empresa, que vai atender aos interesses de seus sócios e pode ser vantajosa para redução de custos, crescimento do negócio e benefícios como:

  • A empresa pode ser dona das marcas desenvolvidas;
  • Maior proteção para os infoprodutos;
  • Maior transparência;
  • Redução de custo operacional;
  • Teremos divisão clara e inequívoca das contas;
  • Maior proteção para os sócios.

A SPE, não é uma criação nova, é um modelo de empresas muito utilizado no segmento imobiliário para construção civil, para compra de insumo e matéria prima entre produtores, para geração de energia solar, entre outros segmentos e pode ser utilizada no mercado digital.

 

 

Aspectos jurídicos

 

 

Como você pode observar a SPE, é um modelo jurídico para empresa, que visa proteger os sócios em um empreendimento, permitindo segurança para seus interesses e negócios.

 

Contudo, deve ser formulada com orientação jurídica, para proteção das partes, dos ativos como marca, direitos da criação e do próprio infoproduto.

 

Se você deseja saber mais sobre negócios, confira o blog. Quer agendar um horário clique aqui.